SEGURANÇA

O que menos de 1% dos brasileiros fizeram para conseguir comprar e portar legalmente uma arma de fogo

Existe uma forma de driblar o Estatuto do Desarmamento para conseguir andar legalmente armado, pouca gente sabe disso, mas é possível.

Por Pablo Mendes

17/01/2019 13h30  Atualizado há 1 hora

Cidadão comum portando sua arma

 

A Lei 10.826/2003, mais conhecida como Estatuto do Desarmamento, apesar de ser uma legislação bastante restritiva, não proíbe completamente a compra e o porte de armas no Brasil, mas poucas pessoas sabem disso. A burocracia imposta por essa lei acaba desanimando qualquer pessoa que queira ter uma arma de forma legal. As exigências documentais são inúmeras, os gastos necessários com todo o processo e, no final, o preço das armas é algo que desanima muita gente que deseja estar legalmente armado.

Porém, mesmo com toda essa dificuldade, vem crescendo o número de brasileiros que resolveram comprar uma arma para defesa pessoal e muito deles conseguiram inclusive o porte de armas (autorização para andar armado). A cada dia tem aumentado o número de pessoas que procuram a Polícia Federal em busca desse direito.

Segundo especialistas da revista norte americana Science, as Estatísticas dos Estados Unidos mostram que as vítimas armadas saem ilesas de tentativas de assalto numa proporção duas vezes maior que vítimas que se rendem completamente. Fomos atrás para descobrir o que é necessário para andar armado no Brasil - Confira na matéria:

Nestes últimos meses, uma notícia tem causado controvérsia entre os chamados "desarmamentistas", pessoas que defendem o Estatuto do Desarmamento. O Senado Federal abriu uma consulta pública perguntando se a população era contra ou a favor da revogação do Estatuto do Desarmamento. Mais de 95% da população consultada se mostrou favorável ao fim do Estatuto do Desarmamento.

O resultado da consulta chamou muito a atenção dos estudiosos e cientistas políticos por um fato importante: dos que se declararam contrários ao desarmamento civil, 9 em cada 10 não sabiam que hoje ainda é possível portar uma arma de forma legal e, o que mais surpreendeu, 8 em cada 10 desses citados nunca tiveram contato com uma arma de fogo, apesar de demonstrarem bastante interesse pelo tema, inclusive já tendo lido bastante coisas a respeito de armas e legítima defesa. Será mesmo que a política desarmamentista brasileira fez bem para população?

Instrutor de tiro do Clube de Tiro de Várzea Grande, Paulo Deflfino, 46, acredita que esse aumento por buscas de arma de fogo é por conta do avanço da criminalidade em todo o país.

Entre os entrevistados, estava Pedro Melo (31), casado, corretor imobiliário, em Recife/PE. Segundo ele conta, já havia tentado por duas vezes comprar uma arma para se defender, depois de ter todas as vezes seu pedido de compra negado pela Polícia Federal, ele desistiu, mas, depois de 3 anos, ele voltou decidido a comprar sua arma e dessa vez ele iria portá-la e não apenas deixar em casa​ ​ e, em pouco menos de 90 dias, ele já estava com sua arma, andando para todos os lugares com ela na cintura.

Ele desabafa: “Comprei uma arma por causa do aumento da violência no meu bairro. Praticamente todos os meus vizinhos já haviam sido roubados. Eu não iria esperar acontecer comigo para só depois me preocupar com minha segurança. Em menos de duas semanas que eu tinha recebido minha arma, eu já estava andando com ela na cintura para todos os lugares. Quando eu cheguei em casa por volta das 22 horas de uma sexta-feira, uma dupla de moto se aproximou do carro para tentar me roubar. Meu carro tem um insulfilme pretão, de dentro mesmo eu dei uns 5 tiros, os caras pularam da moto e saíram correndo, nem sei se acertei algum. Se eu não estivesse armado eles iriam entrar na minha casa, lá dentro estavam minha esposa e minha filhinha de 3 anos.”

Resolvemos investigar um pouco para tentar entender todo o processo legal da compra de uma arma de fogo e descobrimos um Guia Completo que promete ensinar o passo a passo de forma simples e descomplicada.

Nosso produtor entrou em contato com a empresa responsável por este Guia para saber mais detalhes e se tudo que era ensinado estava dentro da lei e acabou ficando surpreso com a qualidade do material ofertado. "A empresa nos deu acesso ilimitado ao Portal do Cidadão Armado por 10 dias para que a gente conhecesse o Guia e tudo que era oferecido, realmente é algo diferenciado, tanto pela qualidade do serviço quanto pela riqueza de informações", afirmou nosso editor Sávio.

Questionamos Pedro sobre a influência desse material em todo seu processo para estar legalmente armado e ele respondeu: “O Guia foi a melhor sacada que alguém poderia ter me dado. Fiz tudo conforme é ensinado dentro do Portal, segui o passo a passo completo e hoje tenho minha arma, ando com ela e estou tranquilo pois sei que estou fazendo tudo em conformidade com a Lei” - salienta Pedro Melo.

Pesquisamos a respeito e descobrimos que se trata de um método inovador criado por um Cidadão que, depois de colecionar negativas de pedidos de compra de arma e de porte, resolveu estudar e encontrou uma brecha na legislação que possibilita qualquer pessoa maior de 25 anos e que comprove aptidão técnica e capacidade psicológica de possuir e portar sua arma.

Em entrevista à nossa equipe, Cidadão Armado (é como ele prefere ser identificado), comenta que não imaginava que o sucesso do seu Guia seria tão grande. Ele conta: "As pessoas adquirem o Guia do Cidadão Armado e, como elas acabam conseguindo comprar e portar uma arma, elas comentam com os amigos que também entram para o treinamento para obter os mesmos benefícios, pois não querem ficar para trás".

O que dizem os especialistas:

Bene Barbosa, um dos maiores especialistas deste tema no Brasil e autor do Best-seller "Mentiram Para Mim Sobre o Desarmamento", deu também sua opinião sobre este Guia que, apesar de polêmico, é bastante esclarecedor. "...aborda de forma sintética e muito bem esquematizada praticamente tudo que é necessário para adquirir legalmente uma arma, seja para defesa ou para prática esportiva", elogiou Bene.

Segundo pesquisa feita pela nossa equipe com compradores do Guia do Cidadão Armado, em média, 98% dos alunos conseguiram êxito no seu objetivo, seja apenas comprar uma arma para deixar em casa, como também para comprar e portar sua arma. Para a posse da arma, o prazo médio era de 30 dias, para o porte o processo era mais demorado, porém sempre dava certo. Os 2% que não tiveram sucesso foi porque não conseguiram passar no teste de tiro ou no exame psicológico.

Mas será que Funciona Mesmo?

Nossa equipe resolveu fazer o teste e ver, na prática, o funcionamento de tudo isso. Realizamos uma experiência com 90 pessoas em São Paulo interessadas em comprarem uma arma de fogo. Todas as pessoas seriam obrigadas a darem entrada no pedido de compra e porte de arma no prazo máximo de 1 mês.

A ideia era ver se, com o ​ Guia do Cidadão Armado era mais fácil ter o processo deferido de compra e porte de arma. Dessa forma, 30 pessoas receberam o acesso completo ao Guia do Cidadão Armado, outras 30 pessoas tiveram a permissão para contratarem algum despachante para as auxiliarem em todo o processo e as outras 30 tiveram que se virar e procurar ajuda, sozinhas, na internet.

Resultado da Pesquisa

Veja como comprar uma arma, clique aqui

O autor do Guia do Cidadão Armado, que prefere não se identificar, informou que está sendo pressionado por todos os lados para retirar o livro digital da internet. Mas enquanto isso não acontece, você pode conferir o material clicando aqui.

Leia também: Projetos que flexibilizam Estatuto do Desarmamento avançam no Congresso

18 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Carlos Silva

HÁ 40 MINUTOS

Quando eu comprei minha arma ainda nao existia esse e-book. Gastei uma grana preta com o fdp do despachante que demorou quase 6 meses me enrolando.

Ítalo Maia

HÁ 3 HORAS

pessoal não é mentira, o guia é muito showwww, pena que ainda falta 6 meses para eu completar 25 anos pra comprar minha primeira arma. Pelo menos não vou perder tempo depois.

Batista_1985

HÁ 1 DIA

Bolsonaro pra acabar com essa palhaçada. Um país onde só quem pode ter ama é bandido. Tô cansado da violência, quero comprar uma pistola e 1 revólver.

Sou da Paz

HÁ 2 DIAS

Quem precisa de arma? Por mim nem a polícia andaria armada.

Tony

HÁ 2 DIAS

Ohhh retardado, quer desarmar até a polícia? Manezão! Em quem mundo você vive? cidadão de bem deve sim andar armado. Basta a polícia entrar de greve que palhaços como você ficam se mijando, seu otário!

Ágata Nóbrega

HÁ 3 DIAS

Comprei o Guia do Cidadão Armado e estou apaixonada com o universo das armas. O conteúdo é muito organizado. E o melhor é que ainda ganhei dois minicursos. Amei e estou indicando para minhas amigas. bjs

Coração Valente

HÁ 3 DIAS

Que se foda esse estatuto de merda. Faz tempo que tenho armas, já estão todas com o registro vencido, mas atiram do mesmo jeito. Quero ver o bandido que tem coragem de entrar lá em casa. É baaaaala!!!

Thiago Albuquerque

HÁ 3 DIAS

BENE BARBOSA É O CARA, ELE INDICANDO EU CONFIO

Camila Sheren

HÁ 4 DIAS

Fiquei sabendo deste livro através de um vídeo no Youtube, vi que tinha muita gente comprando. Estava com um pouco de medo mas pelo que tô vendo o negócio é sério. Agora serei uma mulher armada! kkkkkkk

Este conteúdo não recebe mais comentários.

CNPJ: 26.835.989/0001-­47 - All Rights Reserved

Termos de Uso  |  Política de Privacidade